2 de dezembro de 2015

Sempre vai haver espaço, meu filho

Noite passada você não conseguia dormir.
Reclamou de pesadelos, queria dormir com a mamãe.
Papai foi para a sua cama, você veio para a nossa.
Dormiu tranquilo, enquanto te admirava.

Filho, você sempre teve e sempre terá seu espaço no meu colo,
na nossa cama,
no meu coração.

Não importa quantos anos se passem, aqui você estará seguro.
E mesmo que eu não te proteja de todos os males desse mundo, é aqui que você se sentirá protegido.
Te agradeço hoje e sempre por me proporcionar os melhores momentos da minha vida.
Boa noite, durma sempre bem.

Um comentário:

  1. Que lindo! Aconteceu semana passada aqui, por conta dos trovões, ela veio pra nossa cama que já é compartilhada com o Heitor, dormimos os 4 e se o João acordasse daríamos um jeito hehehe

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget