9 de janeiro de 2011

"MÃEtamorfose"

Mistura de mãe com metamorfose. Por quê? Porque me irrita ver gente que não muda em nada!
Sabe aquelas pessoas que você encontra uma vez a cada... sei lá... 3 anos, e tá sempre na mesma??
Não digo físicamente (só), mas em todos os aspectos.
Não sei se é mal de fã do David Bowie (amo!), mas acho que a gente tem sempre que mudar, e que seja pra melhor!
Mais específicamente falando, tem mulher que se torna mãe e não muda em nada. Não consigo entender isso.
Minhas prioridades mudaram, tudo gira em torno do meu filho. É lógico que ainda tenho minhas vontades, meus objetivos e opiniões, mas como é que a pessoa gera outro ser humano e continua sendo um ser egoísta e fútil?!
Coisas como largar a criança super novinha com outra pessoa pra ir à balada, ou não querer amamentar pra não deixar os peitos caídos... Fala sério!
Não deixei de ser eu mesma. Pelo contrário, adicionei mais uma faceta à minha persoalidade. A de ser tudo que sempre fui e ainda melhor. Por ele.

6 de janeiro de 2011

O dia em que o Pietro não quis comer

Foi ontem, e fiquei desesperada! Tive vontade de enfiar comida na boca dele rs. Coitado.

Mas fico preocupada, com medo dele perder peso, ficar fraco. E no final das contas, acho que tem dente saindo, e ainda por cima ele deve estar em fase de salto de desenvolvimento.
Só sei que ele só queria peito, e mais nada.
Fiz legumes, suco, um monte de coisa pra ele comer e nada!
Só quando desencanei e comecei a comer uma banana, foi que ele pediu banana e comeu.
Parece que quanto mais a gente fica nervosa e vai insistindo numa coisa, aí que eles não fazem.
Coitado do meu marido, que fica tentando me acalmar hauhauha... Criança é fogo!
Postei meu desespero na comunidade de amamentação do Orkut e logo as mamães me confirmaram o que eu já desconfiava.
Nessa fase tem saltos de desenvolvimento, como dá pra ver na tabela (clique para ampliar):
SALTO DE DESENVOLVIMENTO é uma fase em que o bebê está desenvolvendo novas habilidades e muda de comportamento pra desenvolver essa nova habilidade.
E o Pietro anda aprendendo palavras novas, então acredito que seja isso mesmo.

Também existem os picos de crescimento, que têm a ver com o aumento de mamadas do bebê para suprir esse período em que precisa crescer mais:

Tanto os saltos quanto os picos podem acontecer ao mesmo tempo, pois se intercalam em alguns períodos. Já vi que o "segredo" é ter bastante paciência, já que eles crescem tão rápido a aprendem milhares de coisas!

2 de janeiro de 2011

Auto-entrevista


Você planejava ser mãe aos 24 anos?
Não. Estava numa fase de sair com os amigos, então conheci o Antonio e tive certeza de coisas que nem fazia idéia que tinha vontade.

Sua gravidez foi tranquila?
Bom, fui ter enjôos a partir do 2º mês, mas cheguei a vomitar poucas vezes. Só que tive algumas outras coisas como enxaquecas, azia, hemorróida (rsrs...). Nada sério, ainda bem! Mas incomodou, principalmente porque trabalhei até o último mês.

E o parto? Se arrepende de ter feito cesariana?
Não me arrependi, porém poderia ter me preparado para um parto normal.
Cheguei no dia marcado, ansiosa mas sem dor alguma. Me internei, o que doeu mais foi a anestesia. O corte foi bem pequeno, a cicatrização rápida. Coloquei a cinta uns 2 dias depois da cirurgia e a barriga desinchou gradativamente e rápido. O problema da cesareana é o depois...

Sobre a amamentação, foi difícil no começo? Ainda amamenta? Até quando pretende amamentar?
Eu estava no pós-operatório quando colocaram o Pietro do meu lado. Vi que ele estava desesperado chupando as mãozinhas, e assim que a anestesia começou a passar, a enfermeira me deixou amamentá-lo.
Ele pegou certinho e começou a sugar. Depois, tivemos problemas com a glicemia dele, porque ele só dormia. A enfermeira disse que se a glicemia dele não melhorasse a gente não teria alta. Peguei o Pietro no colo, coloquei-o no peito e fiquei assim o tempo todo.
Nos primeiros meses ele chorava muito. Mesmo assim me falavam pra dar mamadeira porque podia ser fome... Não dei, insisti no peito e foi maravilhoso, ele engordou bastante e nunca ficou doente.
Aliás, tem sido assim até hoje, apesar dele já comer de tudo. O leitinho materno é sagrado, e nos une ainda mais. Passo o dia fora trabalhando e quando chego o amamento.
Vou parar só quando ele não quiser mais.

Ressaca das Festas de Fim de Ano

Festas de Natal e Ano Novo são cansativas mesmo que você não faça nada.
Todo ano vamos à minha sogra e depois na casa da minha avó. Os quitutes são os mais variados, e ganhamos vários presentes.
Em 2009, como disse, o Pietro estava bem novinho e a gente ainda estava tentando se acostumar com a nova rotina de acordar várias vezes durante a madrugada para amamentar, e bem cedinho no dia seguinte. Então, na hora da ceia já estávamos podres de sono rsrs...
Esse ano foi melhor, o Pietro já está andando, e ficou aprontando todas até as 2h da manhã. Nem precisei fazê-lo dormir, porque tanto no Natal quanto no Reveillon ele veio dormindo no carro.
Graças à caminha compartilhada, a gente consegue dormir um pouco mais, porque ele rola pro meu lado, mama e depois rola de volta pra cama dele.
Só que noite passada não dormimos nada, o Pietro está resfriado e com o nariz entupido, então virou a noite toda, chorou. Esse resfriado deixou o peito dele cheio de catarro, então ele tosse e fica com o nariz escorrendo.
Começamos o ano de 2011 muito bem, com a família reunida e feliz, mas também com um resfriadinho chato.
É tão bom ver o Pietro crescendo... A melhor coisa dessas festas (além das comidas deliciosas na casa da vó), é ter a família reunida!

DESFRALDE: FISICAMENTE E EMOCIONALMENTE "PRONTOS"?

Segue uma lista de items que podem ser avaliados antes de tomar decisão pelo desfralde.
Um livro completo sobre o tema (que contém essa lista, estratégias e muito mais), foi lançado por Elizabeth Pantley:
http://books.mcgraw-hill.com/getbook.php?isbn=0071476903&template=

Segue a lista:
Sinais para avaliar se seu filho está pronto para começar desfralde:

1) avisa quando faz xixi ou cocô na fralda, pede para trocar
2) muda comportamento quando está fazendo cocô (para, se concentra, vai para um canto, debaixo da mesa, etc)
3) Os cocôs do seu filho são previsívies, sempre na mesma hora do dia?
4) Quando acorda de uma soneca, a fralda está geralmente seca ou quase seca?
5) Entende o significado de palavras como molhado, seco, limpo, sujo, xixi, coco, pinico, fralda, etc.
6) Entende e atende pequenos pedidos como: guarde o brinquedo na caixa.
7) Nota quando alguém está usando o banheiro, fica curioso, quer dar descarga
8) Consegue ficar períodos de poucas horas com a fralda seca
9) Tem entre 24 meses e 30 meses ou mais
10) Tem um bom vocabulário, se comunica bem
11) A criança tem certa independência, quer fazer tudo sozinho, por roupas, por suco no copo, etc..
12) quando seu filho quer fazer os items acima, você tem paciencia de ensiná-lo, ou prefere fazer por ele pois é mais rapido e facil?
13) E você, mãe, está cansada de trocar fraldas, ou no fundo não se importa ainda com isso?
14) Existem mudanças de rotina na família em breve, irmaozinho chegando, viagens, etc? Se sim não é o momento certo.
15) você considera o desfralde porque: alguém te disse que está na hora, porque seu filho está com quase 2 anos, seu instinto diz que seu filho está pronto para isso, a escolinha do seu filho requisita o desfralde, ou porque seu filho está interessado e já pediu para usar o penico ou ficar sem fraldas mais de uma vez?
Não adianta tentar desfraldar antes da maturidade, é contra produtivo e tem consequências. Uma das consequencias do desfralde precoce é disturbio intestinal. Veja bem, não estou dizendo que estão promovendo um desfralde precoce, mas acho que vale a pena revisar se a criança tem maturidade mesmo antes de promover algo assim que pode ter consequências tão sérias.

Fonte: Postado e traduzido por Andreia Mortensen http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=17443640&tid=2482831537671142213
Ocorreu um erro neste gadget