29 de outubro de 2015

Criança em acesso de fúria

Sobre o vídeo do menino quebrando as coisas na escola, que está sendo compartilhado no Facebook:
Em primeiro lugar, sou CONTRA esse tipo de exposição de imagem da criança, portanto NÃO vou compartilhar o vídeo aqui.
Em segundo lugar, só consigo ver um menino totalmente desorientado, desnorteado.
Em nenhum momento vi alguém tentando acolher o menino, acalma-lo, conversar com ele.
Ele está claramente perdido em um descontrole e o que senti com meu coração de mãe foi PENA.
Os tais "profissionais da educação" que estavam presentes apenas incentivaram o acesso de fúria dele (repare que dá pra ouvir frases como "isso, derruba tudo, vai...").
Se você fosse uma daquelas professoras, agiria da mesma forma? É pra isso que se estudam pedagogia, psicopedagogia e afins???
Faltou preparo da equipe pedagógica da escola, ética na hora de expôr uma criança dessa maneira nas redes sociais, e mais: humanidade para entender de onde uma criança tão pequena tira toda essa tensão. Afinal de contas, não é o comportamento natural de uma criança e não precisa ser muito inteligente pra se notar isso.
É no mínimo PATÉTICO clamar pelo fim da violência, incitando mais ódio com comentários do tipo: " esse menino precisava levar uma surra!".

Está mais do que na hora de pais e educadores adotarem práticas a favor da Disciplina Positiva e realmente ouvirem as crianças.

Lamentável e triste, muito triste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget