11 de maio de 2015

Pietro não quer usar óculos [e foge do banho]

Contei aqui sobre a necessidade do Pietro usar óculos, pois eu e meu marido usamos.
Também a fim de um diagnóstico mais preciso, o levamos à 3 oftalmologistas diferentes, porque ele alegava que não enxergava bem COM os óculos... Na dúvida, achei melhor confirmar.
Pois bem, na última consulta a oftalmo explicou pra ele a importância dele usar os óculos, até mesmo para se acostumar e claro, corrigir a visão.

No começo ele até usava bem, mas depois começou a alegar que não estava enxergando direito com eles, e foi deixando de usar.
Por isso que o levei à outra médica, que confirmou os graus de astigmatismo e hipermetropia.
 O problema é que ele não quer usar os óculos de jeito nenhum!
Já tentei conversar, explicar da importância de usá-los, expliquei sobre os benefícios e também sobre os prejuízos se ele não usar...
Já ameacei tirar os brinquedos que ele mais gosta, e também já os tirei...
Já tentei suborno, prometi comprar algum brinquedo...
Apelei até para as técnicas à la supernanny, como essa tabelinha que eu mesma fiz: ali ele vai marcando ao final do dia, todos os dias em que usou óculos, e no final do mês compraria um brinquedo pra ele:

Mas nem isso tem adiantado, viu. Hoje mesmo, foi um espetáculo de horror pra ele colocar os óculos.
Ele corre, ameaça jogar no chão, grita... Grita não, berra que não vai pôr.
E depois de tentar tudo isso, o sentimento é de fracasso, sabe.
Dá vontade de desistir, de deixar ele sem óculos mesmo e evitar toda essa confusão, esse desgaste. Mas daí fico pensando no futuro, como vai ser quando ele estiver na adolescência, se o grau dele aumentar devido a falta dos óculos...
Meu marido tinha que ter usado tampão quando era criança, para corrigir a ambliopia, e não usou.
O resultado é que hoje em dia ele tem pouca visão em um dos olhos.
Hoje em dia o Pietro dá trabalho com essas duas coisas: a hora de tomar banho, e usar os óculos.
Contei na página do Facebook outro dia, que na hora de ir pro banho é um escândalo sem fim, também.
Ele corre de mim, e grita, se nega até a morte. Quem ouve, deve pensar que estamos espancando, porque ele berra que não quer, não vai e pronto!
Agora, o banho tem sido até menos pior de convencê-lo. Usar os óculos é muito mais difícil, porque ele tem que pôr e ficar com eles o dia inteiro.
Acho até que seja mais fácil fazer a criança largar alguma coisa, como o vício em chupeta por exemplo, do que fazê-la usar algo com que ela terá que ficar por um bom tempo...
Não sei mais o que fazer, sério mesmo. Frustração define :-(
***Atualização 21/05/15 ***
Conseguimos um "pacto" com o Pietro, de que ele só precisa usar óculos para ir à escola, já que minha maior preocupação é sobre o desempenho dele no próximo ano (primeiro do fundamental).
E está funcionando. Ele fica de óculos enquanto está na escola, e tira quando chega em casa.
Melhor do que nada... Acredito que com o tempo ele crie o hábito de usá-los...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget