19 de junho de 2015

Camiseta manchada, constrangimento e as lições da vida

E depois de uma semana pesada de trabalho na empresa e em casa, ouço o Pietro falar para o pai:
"- A professora falou que minha camiseta estava suja, manchada, e que a mamãe precisa lavar."
Aquilo pra mim foi o golpe final para me derrubar de vez, depois do cansaço.
Primeiramente, porque a camiseta em questão é o uniforme do ano passado, e que ele vem usando até agora  já que a prefeitura não mandou o uniforme novo (estamos no meio do ano!).
Qualquer pessoa leiga sabe que crianças se sujam, principalmente com tintas e materiais que usam na escola. Algumas manchas não saem, por mais que você lave, esfregue, e coloque aquele tecido de péssima qualidade de molho com algum produto tira-manchas.
O máximo que vai acontecer ( e esse é o caso), é a camiseta desbotar e encolher.
O que quero dizer, é que a camiseta estava limpa apesar de manchada.
Em segundo lugar, aquilo me incomodou porque não acho ético falar isso para uma criança de 5 anos que não sabe lavar a própria roupa, expondo-a na frente dos coleguinhas.
Pietro estava de banho tomado, cabelo penteado, unhas cortadas... E com uma outra camiseta por baixo. E ficou "taxado" de sujo, por causa da bendita camiseta de uniforme.
Ainda estou digerindo isso tudo, e como ele está resfriado nem foi à escola hoje.
Para não ser injusta, vou ouvir o que a professora tem a dizer. Sempre procuro resolver as coisas com diálogo, acho que essa é a melhor forma de esclarecer qualquer mal entendido.
Mas isso me fez pensar nos momentos em que não estarei presente para evitar constrangimentos, situações embaraçosas... Momentos em que ele terá que lidar sozinho com frustrações, com dificuldades.
E isso sim me assusta. Isso sim é complicado, bem mais difícil do que trocar fraldas ou perder horas de sono com amamentação e cólicas...
A vida é mesmo uma grande escola, e algumas pessoas podem até carregar diplomas de professores. Só que na verdade são meros aprendizes como todos nós. E erram feio, também.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget