31 de maio de 2010

A importância do Pai


Que a mãe é o abrigo e o alimento de todo bebê, já se sabe. Mas a presença do pai na vida de uma criança é tão importante quanto. Não só para o bebê, mas também para a mãe.
Não consigo me imaginar fazendo tudo sozinha. Desde a gravidez meu marido tem ajudado e muito!
Isso porque com aquele barrigão, dores nas costas, etc. fica bem difícil limpar a casa, arrumar as coisas...
Nunca me esquecerei das vezes em que tive enjôo e meu marido ficou do meu lado pra ver se eu precisaria de alguma coisa.
Também nunca esquecerei de tudo que ele tem feito pra me ajudar, tanto nas coisas de casa quanto na criação do nosso filho.
Por isso é que admiro as mulheres que precisam criar seus filhos sozinha e ser pai e mãe ao mesmo tempo. Não sei se teria tanta força e calma pra fazer tudo sem pirar de vez!
Quantas vezes meu marido chegou em casa e me viu desesperada porque o Pietro não parava de chorar de cólica, e eu nem tinha tomado banho ainda, toda descabelada rs...
O pai precisa ajudar a mãe, porque sem ele não há equilíbrio, a mãe fica com toda a tarefa de cuidar da casa, do bebê e ainda tem que se alimentar, se cuidar.
Na amamentação, a presença e apoio do pai são imprescindíveis!
O pai precisa encorajar a mulher a continuar amamentando, a ter paciência. Acho ridículo aqueles homens que perguntam pra espôsa: "Mas você vai amamentar aqui?!" Porque amamentar não é vergonha nenhuma!
Enfim... O homem tem tanta importância quanto a mulher, no que diz respeito a formar uma família.
Afinal de contas, é nos pais (marido e mulher) em que a criança vai se espelhar pra moldar seu caráter e personalidade.
Um pai ausente hoje pode acarretar várias consequências no caráter de seu filho amanhã.
Qualquer um pode fazer um filho. Mas é preciso ser um HOMEM de verdade pra assumir o papel de PAI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget