25 de maio de 2012

Pais Vegetarianos = Filho...?


Desde o final do ano passado (Dez-2011) decidi adotar de vez uma dieta Ovo-lacto-vegetariana (que não consome nenhum tipo de carne, mas inclui ovos e leite e derivados, como queijo, iogurte etc).

Pra quem não sabe, existem tipos diferentes de Vegetarianismo, e a que eu sigo elimina somente o consumo de carnes de qualquer tipo. Sim, carne branca também é carne, portanto não como.
E posso dizer que é muito gostoso explorar outros sabores. Não sinto falta nenhuma de carnes, até mesmo de peixe, que eliminei por último.
As pessoas têm mania de reparar só no que você está deixando de comer, e não em tudo que você pode experimentar, criar. Parece que só existe carne no mundo, pra comer.
Mas enfim. Estou escrevendo esse post porque como o blog é sobre meu filho e algumas pessoas me perguntam muito se parei de dar carne para ele, eu respondo: o Pietro NÃO parou de comer carne.
O Pietro sempre comeu uma variedade imensa de alimentos. Adora tudo, come de tudo, até mais do que eu. E sinceramente, acho que nem ele notou a ausência da carne em casa, porque ele também come na vovó, quando sai, etc.
Algumas pessoas me perguntam, até com um certo pavor, se estou "privando meu filho de comer carnes", pois de acordo com elas, a proteína da carne é essencial pro crescimento dele, etc.

Minha amigona e xará Carolina Bello, com sua família, são um exemplo de que dá pra viver sem carne sim, e bem. A filha dela, Marina, tem a mesma idade que o Pietro e é uma menina linda e cheia de saúde!

Outra pessoa querida que conheci recentemente e que também é vegetariana, é a Gabriella.
Gabriella é vegetariana desde que nasceu. Segundo ela, quando a mãe era criança viu alguém matando um porco e desde então nunca mais comeu carne. Ela cresceu em uma família vegetariana e acha um absurdo as pessoas dizerem que quem não come carne vive menos ou tem algum tipo de deficiência.
Essas são só algumas, das várias pessoas que conheço e que são vegetarianas.

Não parei de dar carne pro Pietro, porque eu não quis. Não achei necessário, considerando que minha decisão foi pessoal. Vai caber a ele decidir, mas enquanto isso, vai saboreando os pratos que o papai (também vegetariano por escolha própria) faz em casa ;)
 
Links sobre o assunto: Sociedade Brasileira Vegetariana 
 
                                   Vista-se
                                  
                                  Restaurante Vegetalle em Campinas

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget