12 de julho de 2012

Reencarnação em família

Como uma pessoa que acredita na continuidade da vida e em reencarnação, meu aprendizado é constante sobre esses assuntos que envolvem a espiritualidade. Já que tenho esse blog como um diário voltado para a maternidade e desenvolvimento do meu filho, não poderia ocultar algo que faz parte de tudo isso na minha vida.
Um dia, meu filho Pietro vai ler esse blog, pois o criei justamente para manter registradas todas as etapas desde que soube que seria mãe. Preciso deixar algumas coisas bem claras primeiramente, para entendimento posterior:
Conheci meu marido em meados de 2008 e nessa época meu sogro, Sr. Luis, já tinha desencarnado em 1999, se não me engano. Portanto nunca o conheci pessoalmente.
Quando resolvemos ter nosso primeiro filho, precisei fazer uma espécie de tratamento por causa da síndrome dos ovários policísticos, como já mencionei em outros posts. Depois de dois meses de tentativa de engravidar em vão, eu já estava desanimando com a idéia e achando que provavelmente não poderia ser mãe devido a essa síndrome.
Foi então que numa noite sonhei com meu sogro.
Uma pessoa me levou até uma sala e disse que meu sogro, Sr. Luis viria falar comigo. Não vi o rosto dessa pessoa, mas para minha surpresa vi meu sogro adentrando a porta dessa sala.
Estava de terno, bem arrumado e falou pra gente se sentar à mesa que estava próxima. Conversamos a noite toda, e apesar do tom sério na voz dele, só me recordei dele ter dito para que eu ficasse tranquila pois algo iria acontecer. Juro que fiquei tentando durante dias lembrar da conversa, ou pelo menos de partes dela mas não me lembro de nada! Só me lembro da feição séria no rosto dele, e da aparência física, que descrevi ao meu marido e ele me confirmou que o pai era assim.
Depois de alguns dias ou semanas, o quê acontece? Resultado de gravidez positivo!!!
Estou contando isso aqui no blog porque, como disse, pra mim é importante. É um fato que envolve minha gestação e minha espiritualidade. E também porque sonhei novamente, anteontem.
Mas dessa vez aquela pessoa que eu não tinha visto o rosto anteriormente, contou pra mim sobre a vida do Sr. Luis a noite toda.
Aliás, não só contou como também mostrou fotos. Vi meu sogro em várias cenas, mas me lembro pouquíssimo de tudo.
Para os céticos, foram apenas sonhos. Para aqueles que não acreditam na existência de outros planos da vida, foram sonhos gerados pelo meu subconsciente. Para mim, foi e tem sido a preparação necessária para que eu crie e eduque meu filho de forma que ele seja uma pessoa ainda melhor do que nas existências anteriores.

Mas ser mãe é muito mais especial do que colocar uma vida no mundo terreno. É uma experiência única e divina!
Você que tem, ou vai ter um(a) filho(a) já pensou na possibilidade dele ser um parentesco reencarnando na mesma família? ;-)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget